[Resenha] Diário de um Adolescente Apaixonado

quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Título: Diário de um Adolescente Apaixonado (skoob)
Autor: Rafael Moreira
Editora: Novo Conceito

Selo: Novas Páginas
Páginas: 128

Ano: 2015

Ele suou frio quando deu o primeiro beijo. Já sofreu bullying na escola. Já gostou de quem não gostava dele. Sente muita falta de quem foi embora. Já brigou com a namorada por Whatsapp e depois pediu desculpas. Ele não troca os amigos por ninguém. Se bem que amigo, AMIGO mesmo, pra ele, é a família.
Em 24 crônicas bem-humoradas (claro), o Rafa conversa com a gente como se estivesse bem pertinho. Acostumado a mostrar o rosto na internet, ele criou coragem e começou a escrever sobre as situações da sua infância, sua relação com a família, com as meninas, com os amigos. De cada história, ele tirava uma reflexão sobre as mudanças que já aconteceram na sua vida e o que ele aprendeu com elas.
O resultado está aqui, neste livro que você vai ler e depois abraçar bem apertado.


Primeiramente devo de dizer que não conhecia o Rafael Moreira, nunca tinha ouvido falar nele até receber o livro da Novo Conceito, então a minha leitura foi sem expectativas e tinha uma leve ideia sobre o que o livro tratava pelo título. Mas pelo visto muita gente conhece o Rafael, já que ele tem mais de 1 milhão de seguidores em suas redes sociais.

O livro, como já diz o título, tem amor e paixões adolescentes como principal tópico com o foco principal nas meninas, mas não deixando de ser uma leitura indicada também para os meninos. Afinal de contas, todos eles querem entender um pouco a cabeça feminina e Rafael demonstra que fez o dever de casa e aprendeu algumas coisas sobre o universo feminino. Amor não é o único assunto das suas crônicas divertidas, com situações vividas por ele. Escola, família, perdas e até política são temas discutidos, sempre trazendo algo pra gente refletir.

O único problema é que o autor peca com tantas frases de efeito para, de alguma forma, impactar o leitor com devido assunto ou trazer uma lição de moral. Além disso, o livro tem fotos demais do Rafael e todas iguais, ou muito parecidas. Não sei se eles recorreram a isso para ter uma maior quantidade páginas já que o livro é bem curtinho, mas achei desnecessário.

Uma leitura rápida, leve, divertida e fluída, com referências a músicas, seriados e filmes.

Veja Também

5 comentários

  1. Oi Bianca!

    Parece ser um livro legal, mais não sei se essas frases forçadas ou fotos... Pra quê, gente?
    Prefiro colocar minhas leituras mais antigas em dias. Quem sabe um dia...
    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Então somos dois Bianca, pois eu nunca ouvi falar do Rafael, só depois do lançamento do seu livro mesmo.
    Me parece ser um livro bem leve e divertido, mas não é algo que eu "tenho que ler urgentemente", mas quem sabe eu não leio mais pra frente?
    Um grande abraço e não deixe de conferir o super sorteio lá no blog: http://goo.gl/ydeGWn

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Também não conheço o Rafael, mas o livro parece ser bom. Gosto de estórias sobre amores adolescentes. São sempre tão intensos. Uma pena ser um livro tão curto e cheio de imagens repetidas.
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho visto esse livro em todos os sites, mas realmente não me chama muito a atenção. Não o conheço também, nunca ouvi falar e eu não gosto muito quando autores querem forçar frases de efeito na escrita, acho que fica clichêzão e fora do contexto. Enfim, ótima resenha a sua.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Eu tinha até vontade de ler o livro, mas sua resenha me fez repensar. Claro que é bacana ler relatos de um garoto, mas a editora precisaria rever a diagramação. Acho melhor um livro fino com conteúdo do que um livro com muitas páginas que poderia ser descartadas.
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comenta e segue o blog!
Em breve irei te responder!
Obrigada!

Visualizações