[Resenha] O Fantasma de Canterville por Oscar Wilde

sexta-feira, agosto 22, 2014

Título: O Fantasma de Canterville (skoob)
Título Original: The Canterville Ghost (goodreads)
Autor: Oscar Wilde
Editora: LeYa (Selo Barba Negra)
Páginas: 104

Ano: 2011

Um fantasma de 300 anos assombra o castelo de Canterville, na Inglaterra, de onde nenhum ser vivo ousa se aproximar, exceto os Otis, uma recém-chegada família americana que, mesmo sabendo dos rumores locais, compra a propriedade - para desespero da pobre alma penada, que agora parece mais assustada do que assustadora.



O Fantasma de Canterville irá contar a história de um fantasma e uma família americana. 
Mesmo sabendo que o Castelo de Canterville é assombrado há 3 séculos, o diplomata americano, Sr. Otis não acredita nas afirmações do Lorde Canterville e compra o castelo. Assim, a família Otis se muda para o Castelo de Canterville, deixando o fantasma um tanto preocupado. Ele tenta de todas as formas assustar e expulsar os novos moradores, mas nada parece assustar a família. Para os Otis, o fantasma é apenas um hóspede inconveniente e barulhento.

Entretanto, os filhos mais novos e gêmeos começam a atormentar o pobre coitado do fantasma que acaba ficando doente devido às traquinagens dos gêmeos, o oposto do que deveria realmente acontecer. Comovida com a situação em que o fantasma se encontra, a filha do meio, Virgínia, resolve ajuda-lo e tenta descobrir como ele poderá encontrar a paz eterna.

O conto, publicado em 1891, é recheado de ironias e críticas à sociedade americana e britânica da época, tudo isso recheado de humor. A edição da Barba Negra possui diversas ilustrações, além de ser muito bonita. Contudo, as ilustrações ocupam uma ou duas páginas inteiras o que acaba cortando o fluxo da leitura, algo que me incomodou um pouco. 

Essa edição faz parte da coleção Eternamente Clássicos. Além de O Fantasma de Canterville fazem parte dessa coleção: A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (Washington Irving), O Corcunda de Notre Dame (Victor Hugo), O Mágico de Oz (L. Frank Baum) e o Jardim Secreto (Frances Hodgson Burnett). Tenho muita vontade de ter a coleção toda, mas não acho os livros outros livros à venda, acredito que isso se deve ao fim da Barba Negra, uma pena. Ainda assim, acho que vale à pena buscar por outras edições para conferir esse divertido conto de Oscar Wilde. 

Veja Também

6 comentários

  1. Conheço todas as demais estórias que você citou e fazem parte da coleção, mas admito que essa nunca ouvi falar, adorei conhecer um clássico novo hehe

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Bianca!
    Nunca li nada do Oscar Wilde, mas esse parece ser um conto bem divertido!
    Adorei a arte da capa, é linda e chama a atenção!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oláááá!
    naaaao conhecia essa coleção, acabei de conhecer, e jááá fiquei triste por nao ter as demais obras!
    parece ser incrivel!
    ainda mais com uma capa tão atrativa, acaba dissolvendo o medo que muita gente tem de classicos!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia, mas gostei muito do que li na resenha então vou procurar ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse conto, parece ser bem legal.
    Essas coleções de clássicos são apaixonantes, eu queria ter todas. <3

    Beijos,
    Livro de Memórias

    ResponderExcluir
  6. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas, reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho, Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comenta e segue o blog!
Em breve irei te responder!
Obrigada!

Visualizações