Resenha: Garotas de Vidro (Laurie Halse Anderson)

quinta-feira, março 20, 2014

Título: Garotas de Vidro (skoob)
Título Original: Wintergirls (goodreads)
Autora: Laurie Halse Anderson
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272

Ano: 2012

Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer. O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos. Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir. Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles. Garotas de Vidro é uma história intoxicante sobre a autorrepugnância e a busca pela identidade. Neste livro, Laure Halse anderson aborda de modo realista a dolorosa condição de jovens que sofrem de transtornos alimentares e sua complicada relação com o espelho e consigo mesmos. 
Lia desejava ser a garota mais magra da escola e, assim, fez uma aposta com a sua amiga Cassie que seria a mais magra de todas, até mais magra que ela. Com isso, Lia passou a não comer e contar calorias de absolutamente tudo. No início da trama já conhecemos uma Lia extremamente magra, chegando a ser internada algumas vezes. Quando ela recebe a notícia que Cassie morreu sozinha em um quarto de motel, tendo ligado para ela 33 vezes, as coisas pioram. Para Lia, não importa o número do seu peso, ele nunca será o suficiente. Apenas o zero seria suficiente para ela.

Garotas de Vidro trata a luta de uma garota consigo mesma que, apesar de tudo, tem uma família que lhe apóia, mesmo com todos os problemas familiares que qualquer família possui. O livro retrata a realidade dessa garota, vivemos o que ela está vivendo e enxergamos o mundo da maneira que ela enxerga. Isso torna a leitura interessante por não se tratar de uma declaração feita por terceiros, como ocorrem na maioria das notícias relacionadas aos distúrbios alimentares.

“(...) Berram comigo porque eu não consigo ver o que elas vêem. Ninguém consegue me explicar por que meus olhos funcionam de um jeito diferente.” Págs. 191-192
A narrativa da Laurie Halse Anderson me deixou agoniada por diversas vezes. Não que isso seja algo ruim, pelo contrário, a agonia vem porque é difícil entender o que se passa na cabeça de uma pessoa que sente fome, quer comer, mas não come porque se enxerga gorda e precisa emagrecer cada vez mais. Então, é preciso manter a mente aberta e entender que garotas como Lia e Cassie existem e muitas delas têm o mesmo destino da Cassie.

Veja Também

15 comentários

  1. Oi, Bia! Tudo bom?
    Eu só li Fale! da mesma autora e gostei bastante. Garotas de Vidro está na minha lista desde o momento que li a sinopse, mas ainda não tive a oportunidade de ler :(

    Beijão
    Sun Rises Here

    ps: Você vai na tour da Intrinseca dia 5 de abril?

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma gastuar enorme com narrativas assim, parece que eu sofro junto com os personagens D: não sei se leria essa livro :/

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspo.com

    P.S: a gente leu seu comentário lá no podcast!

    ResponderExcluir
  3. Oi, esse livro parece bem interessante. Gostei da resenha e vou colocar na minha lista de leitura.

    Beijos

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é realmente angustiante simplesmente porque estamos dentro do "problema", mas não entendemos o problema. Porque a pessoa não enxerga o que nós enxergamos, principalmente porque só queremos ajudar.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Isso é uma realidade e temos que lidar com ela. A industria da beleza exige magreza e perfeição e todo mundo querendo ou não tenta e tenta ficar no padrão. Mas... Tudo tem um preço. É preciso muito cuidado com o sofrimento de pessoas com distúrbios alimentares, eu já tive e posso afirmar, é muito difícil deixar de se ver errada, torta, gorda.

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Bianca,

    Li e resenhei esse livro no blog, achei bem interessante o assunto abordado, mas a leitura é muito cansativa e desanima demais.....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. o livro é bem forte e no começo pode parecer confuso, mas é porque ele é todo narrado por Lia, assim podemos entender o que se passa pela cabeça dela e mesmo assim não consegui entender o que leva uma pessoa a fazer isso. Mas uma fato bem legal no livro, são os sintomas de Lia, que são bem claros, mas só ela não percebe.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Realmente existem muitas pessoas como as personagens de Garotas de Vidro, a obsessão pelo peso deixou de ser algo para manter a saúde e ficou para algo mais estético, o que resulta em pessoas obcecadas em ser sempre magras. O tema do livro é forte e complexo, tenho muita curiosidade em ler.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  9. <3 Laurie Halse Anderson <3 acaba com todos os feels possíveis e imagináveis com esse livro.

    ResponderExcluir
  10. Eu já li esse livro e gostei bastante da leitura, principalmente por se tratar de algo que acontece tão frequentemente.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  11. resenha ótima , livro muito bom beijos (...)
    bem venho aqui também para pedir um favor , me segui no meu blog por favor, bem sigo de volta :)
    beijos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. A temática do livro é bem interessante. Fiquei curioso para ler o livro agora. Outro dia, eu li um livro de Augusto Cury que falava justamente dessa "escravidão". Deixo aqui o link, caso queira conferir:

    http://ymaia.blogspot.com.br/2014/03/mergulhei-fundo-ditadura-da-beleza-e.html

    ResponderExcluir
  13. Garotas De Vidro é um dos melhores livros que já l, fiquei fascinada com a historia da Lia. O livro é muito chocante, incrível...perfeito.
    Beijos.
    http://www.vicioempaginas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Parece que o livro retrata a realidade de muitas meninas que estão eternamente em busca do corpo perfeito, custe o que custar, infelizmente.
    Culpa da mídia que está sempre retratando o "corpo perfeito", uma coisa que não existe, por isso as fotos de super modelos são repletas de photoshop.
    Mas cabe a cada um enxergar isso.

    Beijos,
    Cenas do meu livro de memórias

    ResponderExcluir
  15. Esse livro tem uma capa maravilhosa e parece ser muito bom, ele já foi para a minha listinha de desejados *-*

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comenta e segue o blog!
Em breve irei te responder!
Obrigada!

Visualizações